Operadoras deverão trocar seus receptores de satélite – 20/12/2014

Operadoras deverão trocar seus receptores de satélite por imposição da Anatel Por imposição da Anatel, as operadoras de tv por assinatura deverão se ver obrigadas a trocar os seus atuais receptores de tv via satélite para um modelo de receptor híbrido, ou seja, que captem além do sinal da da tv por assinatura, também o sinal da tv digital terrestre. Isto se as mudanças que a Anatel quer fazer no Regulamento do Serviço de Acesso Condicionado (Resolução 581/2012) forem aprovadas. O motivo da mudança ainda é a velha briga das emissoras locais para terem espaço no line-up das operadoras de tv por assinatura, que se viram obrigadas a carregar 14 canais obrigatórios no satélite e ainda dão preferência aos sinal das afiliadas da Globo pelo grande valor comercial que ele tem. No entanto, em cada estado as diversas emissoras locais se sentiram prejudicadas por não terem o seu sinal incluído nos receptores das operadoras de tv por assinatura e apresentaram diversas reclamações para a Anatel. A agência então, na impossibilidade das operadoras de DTH de carregarem o sinal de todas as emissoras locais de cada estado no satélite das operadoras de tv por assinatura, resolveu dar uma solução para o problema obrigando a adoção de um receptor que capte além da TV via satélite, também o sinal local das emissoras. A mudança no entanto, não está garantida ainda, depende da aprovação na Anatel. E mesmo que haja a mudança as operadoras de tv por assinatura estão confiantes de que não necessitarão implementa-la pois a regulamentação fala em obrigatoriedade de carregar nos receptores de tv por assinatura híbridos o sinal da TV Analógica, que tem data para ser desligado. A Anatel deu prazo até 2018 para finalizar a transmissão de tv analógica terrestre no Brasil. As operadoras de tv por assinatura então teriam um bom argumento para negociar o não cumprimento da regulamentação com a Anatel, já que a previsão é de que a troca de receptores deverá custar às operadoras aproximadamente R$ 400,00 por ponto instalado, e estima-se que haja 30 milhões de receptores de tv por assinatura instalados no Brasil. Quanto ao sinal digital, o regulamento da Anatel, por enquanto, ainda diz que ele deverá ser negociado diretamente entre cada emissora e as operadoras de tv por assinatura, e se o regulamento não mudar, ainda teremos uma prioridade para a Globo nos receptores das operadoras de tv por assinatura, e com o sinal carregado no satélite, para garantir a melhor qualidade de imagem para a emissora. Algumas operadoras de tv por assinatura até tem receptores híbridos, como a GVT TV, por exemplo, da qual eu sou assinante, mas mesmo assim não é garantia de que todas as emissoras locais serão carregadas no receptor da operadora. No receptor da GVT, o sinal terrestre vem programado para captar apenas Globo, Record e SBT aqui em Goiânia, o motivo? Não sei. Vamos ver se esse tal receptor híbrido vai mesmo obrigar as operadoras de tv por assinatura a carregarem mais sinais locais ou vai ficar só na pressão. Fonte: http://gps.pezquiza.com/operadoras-2/operadoras-deverao-trocar-seus-receptores-de-satelite-por-imposicao-da-anatel/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed%3A+gpspezquizacom+%28GPS.Pezquiza.com%29   CLUBE AZ BRASIL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *