Home / Notícias / Por que o volume dos canais variam tanto na tv por assinatura

Por que o volume dos canais variam tanto na tv por assinatura

volume-da-televisão_ Recebi este questionamento do nosso leitor Guto Berenhauser através da nossa página no facebook: “o assunto que gostaria que vc abordasse é sobre os problemas de variações de volume em canais HD de operadoras de TV (meu caso a NET), aonde tem canais que não diminui o volume, outros aumentam pouco, enfim, a não padronização que tínhamos nos sinais analógicos.” O que acontece é que na era da tv analógica era muito mais fácil igualar o volume dos canais da tv e os métodos para padronizar o volume eram um pouco mais simples do que os que devem ser utilizados atualmente, por conta da simplicidade do sinal analógico. O sinal analógico podia ter o áudio normalizado enquanto era enviado para o cabo que estava ligado à casa dos assinantes, não havia tanta preocupação com a pirataria, não havia digitalização do sinal, compressão, criptografia digital e tantas outras técnicas necessárias à tv digital para a tv por assinatura. Você sabe como o sinal das emissoras chega até a operadora de tv paga para que esta operadora envie este canal para o assinante? A emissora envia o sinal de seu canal, com áudio e vídeo, para um satélite específico contratado por esta emissora, geralmente ela contrata um TP em um satélite em Banda C e nesta TP ela coloca o sinal de vários de seus canais, com uma criptografia específica para que ninguém que tenha antena parabólica apontada para este satélite consiga abrir o sinal dos seus canais. A operadora de tv por assinatura capta este sinal digital, abre a criptografia que vem da operadora, injeta a sua própria criptografia e envia de volta para o satélite em Banda KU, onde os assinantes irão receber este sinal. A informação do volume do áudio está embutida no sinal que a emissora enviou para a operadora, desta maneira, para padronizar o áudio a operadora teria que analizar canal por canal, de forma digital, antes de colocar a sua própria criptografia no canal e enviar para os seus assinantes. Para dificultar, além de cada emissora adotar pradrões de volume diferentes umas das outras para os seus canais, elas ainda utilizam o volume de sua programação em estratégias de marketing e publicidade. O que eles fazem é, aumentar o volume do áudio em seus canais durante certas propagandas do intervalo comercial, com o intuito de chamar mais a atenção do telespectador para o produto que está sendo anunciado. Outra estratégia adotada por algumas emissoras é usar o volume acima do volume da outra emissora concorrente, assim, enquanto o telespectador estiver trocando de canal para procurar alguma programação que lhe agrade, a emissora com o áudio no volume mais alto vai chamar mais a atenção do telespectador. O governo já baixou normativas para que as emissora não possam aumentar demasiadamente o volume do áudio de seus canais e nem mudar o volume do áudio durante os intervalos comerciais, mas até hoje estas normativas não surgiram efeito. Fonte: http://gps.pezquiza.com/tecnologia/por-que-o-volume-dos-canais-variam-tanto-na-tv-por-assinatura/#ixzz32x3Yr9s2

Sobre NMarques

NMarques estar na Internet desde o longínquo do ano de 2013 e trabalha na área de tecnologia da Informação há mais de 3 anos e escreve artigos para o Clube Az Brasil, É entusiasta do compartilhamento de conhecimento e da interação com o seus leitores.

Verifique também

Entenda o que é CS e IPTV

O que é CS e como funciona? O Card Sharing, mais conhecido como CS, é …

Deixe Seu Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: